Fale com o governo

CoMA está chegando

Festival invade o coração da capital nos dias 5 e 6 de agosto

A contagem regressiva para a 1ª edição da Convenção de Música e Arte (CoMA) está quase no fim. De sexta (4) a domingo (6), o coração da capital vai ser o lugar para as pessoas que curtem e vivem da música. Uma extensa programação de shows e debates movimentará o evento, que conta com parceria da Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer.

A Pasta desenvolveu uma série de ações com foco nos 20 mil visitantes esperados para os três dias de convenção. A estrutura montada no canteiro central do Eixo Monumental engloba o Planetário de Brasília, o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, o Clube do Choro e a Fundação Nacional de Artes (Funarte). Todos esses espaços públicos estarão com programação especial para o festival.

Com expectativa de receber 20 mil pessoas, sendo 1 mil vindos de outras localidades, o evento espera movimentar, no fim de semana, e criar, com isso, 2,2 mil empregos diretos e indiretos, movimentando a economia da cidade.

“O CoMA alinha-se com a proposta da nossa secretaria para Brasília enquanto destino turístico, saindo da promoção convencional. Essa iniciativa ainda fomenta o cenário da economia criativa local, sendo de extrema importância para o futuro e a projeção da capital”, define o secretário de Turismo, Jaime Recena.

Rodada de negócios
O Turismo vai marcar presença nas conferências sobre o mercado música. Serão o total de 36 painéis, workshops, debates e palestras. O secretário Jaime Recena participará em três ocasiões. Na sexta-feira (4), às 16h, sobre oportunidade de inovação. No sábado (5), às 16h, sobre a visão do patrocinador; e 19h, sobre o potencial da música em gerar desenvolvimento para cidades por meio do turismo e geração de empregos.

Outras ações
Um Centro de Atendimento ao Turista (CAT), com materiais promocionais da capital, funcionará o fim de semana, atendendo o público geral. No sábado (5), das 13 às 21 horas; e no domingo (6), das 12 às 20 horas. A localização do espaço deve ser próxima ao Clube do Choro, local em que vai receber também os profissionais da Unidade de Gestão do Artesanato.

Por meio de seleção publicada no portal da Secretaria de Turismo, 20 artesãos cadastrados na Unidade conquistaram a oportunidade de comercializar produtos como flores do cerrado, crochê, acessórios, bolsas. Além do artesanato, a tenda feita em bambu acolherá os guias de turismo e o turismo rural.

Em parceria com a organização do evento, o Turismo vai promover pesquisa de satisfação com os participantes. Diferente das demais pesquisas aplicadas em eventos como carnaval e aniversário de Brasília, desta vez o questionário deve ser respondido totalmente online. Serão preenchidos mil documentos para identificar de onde vêm os turistas e a satisfação com o evento.

A Secretaria firmou termo de fomento no valor de R$ 900 mil, por meio de emenda parlamentar do deputado distrital Claudio Abrantes (sem partido). O CoMA conta ainda com o apoio institucional da Secretaria de Cultura e da Secretaria Adjunta da Ciência, Tecnologia e Inovação, da Casa Civil.

Quem vem por aí
A programação terá 50 grupos musicais, com destaque para o paulistano Emicida, que se apresenta no sábado (5); e pernambucano Lenine, e os brasilienses da banda Scalene, que ticam no domingo (6). O palco também vai abrir espaço para novas bandas capital. A programação completa das palestras e dos shows pode ser conferida no site oficial do evento.

Convenção de Música e Arte – CoMA
De 4 a 6 de agosto (de sexta-feira a domingo)
No gramado central do Eixo Monumental
Classificação indicativa 16 anos
Ingressos e mais informações pelo site do festival

 

 Secretaria de Esporte, Turismo e Lazer
Mapa do Site Dúvidas frequentes Comunicar erros